Lembra da Aghata de 'Avenida Brasil? Ela cresceu e virou um mulherão; Veja as fotos

Ana Karolina Lannes , 16 anos, ficou famosa como a Ágata de "Avenida Brasil", mas quer deixar a personagem para trás. Quatro anos depois do marcante papel, a atriz resolveu mudar o visual para se desvencilhar de vez da imagem da menininha que encantou o país. Nesta quinta, 26, ela passou por uma mudança de visual e ficou ruiva. Ao  EGO , Karol mostrou a mudança em primeira mão.

la conta que mudou sua rotina de alimentação e exercícios. "Eu realmente não gosto muito mais de falar sobre peso, medidas e tal, a mídia acabou fazendo disso a coisa mais importante sobre mim e eu realmente não acho que seja. entretanto eu simplesmente comecei a fazer bastante exercício, aulas de dança, e outras coisas que eu gosto e aí as coisas foram mudando sabe, e eu me sinto feliz como estou", diz ela que também mudou os cabelos e está ruiva .

Ana Karolina Lannes comentou ainda que foi vítima de comentários preconceituosos na época da novela e chegaram a dizer que ela seria gay por viver com um casal homossexual: “Eu não consigo entender gente que julga e tira conclusões precipitadas. Assim como dentro de casa eu vejo dois homens, na rua eu vejo um homem e uma mulher, duas mulheres. Eles nunca falaram para eu ser lésbica ou hetero, sempre me deixaram livre. Se um dia acontecer, é escolha minha. A gente vai se descobrindo. Respeitem a vida da pessoa, o que ela faz. Não importa o que você pensa, guarda a opinião”, afirmou a adolescente, que citou algumas diferenças pro ser criada por dois homens. “Primeira menstruação, maquiagem, demorei um pouco mais. Fui pegando o jeito meio que sozinha, com uma amiga e outra e minha avó que faleceu”.

Ana Karolina estreou na TV como Sofia em “Duas Caras” com apenas 7 anos e participou de “Ciranda de Pedra” e “Tempos Modernos” até alcançar o auge aos 12 anos como a Ágata, que sofria bullying da própria mãe por ser gordinha. Ela ainda deu vida a Marcelina, filha de Dona Hermínia na fase criança do filme “Minha Mãe é Uma Peça”, mas acabou sendo pega pelo período de transição da infância para a adolescência.

Artigos Recomendados