Mau cheiro no couro cabeludo: O que causa e como eliminar?

O problema pode ser causado tanto pelo excesso de lavagens, quanto por fungos e bactérias. Atenção aos sintomas!

Diariamente você sente um odor estranho vindo dos seus cabelos, mas cheira as pontas e parece que não é dali? Provavelmente vem do couro cabeludo. Mas antes de pensar que o problema é culpa sua, saiba que o mau cheiro no couro cabeludo não necessariamente é falta de higiene.

Existem diferentes fatores que podem causar mau cheiro no couro cabeludo. Mas primeiro, veja formas você de eliminar esse odor da sua vida e não sentir-se mais incomodado ou constrangido com o problema.

Como eliminar o mau cheiro no couro cabeludo?

Se você não estiver sentido coceira excessiva na cabeça, ardência, machucadinhos, nem tem muita caspa, ainda existe o risco de o seu couro cabeludo estar infectado por algum tipo de fungo ou bactéria.

A primeira recomendação é ir ao dermatologista verificar a real causa do problema, mas se precisar esperar e quiser testar alguns métodos caseiros, estes ingredientes abaixo podem ajudar. Se sentir qualquer reação adversa, como queimação, dor ou muita coceira, interrompa o uso imediatamente e procure um médico.

1. Xampu com enxofre

Você pode experimentar utilizar um xampu que contenha enxofre, pois esta substância tem o poder de matar fungos e bactérias. Aplique conforme as instruções do fabricante. Se seu cabelo for mais seco, evite usar mais que duas vezes por semana.

E lembre-se, esse tipo de produto deve ser aplicado apenas no couro cabeludo. Nunca use nas pontas!

2. Vinagre

O vinagre é conhecido pelo seu efeito anti-inflamatório, antioxidante, antifúngico e adstringente. Por isso, ele ajuda a limpar o couro cabeludo das impurezas, eliminando células mortas acumuladas, bem como o possível excesso de produtos.

Faça uma solução com metade de vinagre e metade de água e aplique no couro cabeludo após enxaguar muito bem o seu xampu. Massageie bastante e depois remova com água morna ou fria. Aplique diariamente por uma semana. Se não resultar, procure o médico.

3. Óleo de melaleuca

O óleo essencial de melaleuca pode ser adicionado ao seu xampu para que não utilize de forma concentrada, já que seu efeito é bastante potente.

Esse óleo ajuda a combater as infecções e a cicatrizar feridinhas causadas pela coceira que os fungos e bactérias provocam. Aplique por um período de no máximo duas semanas, lavando os cabelos normalmente, e caso não veja resultado, procure o seu dermatologista.

4. Babosa

Outra planta com altíssimo poder de nutrição, hidratação e cura de problemas de pele, que inclui o couro cabeludo, é a babosa.

Para aplicá-la, pegue uma folha da planta, corte ao meio para extrair seu gel e massageie no couro cabeludo após remover o xampu, deixando agir por 15 minutos. Depois remova e deixe o cabelo secar por completo, naturalmente.

5. Não durma com os cabelos molhados

O couro cabeludo precisa secar naturalmente para produz a quantidade ideal de óleo natural que deixa seu cabelo saudável. Então prefira lavar os cabelos durante o dia para não dormir com eles molhados ou úmidos. E evitar usar o secador, pois ele resseca demais o couro cabeludo.

Além disso, não lave os cabelos com água muito quente: sempre morna ou fria. Porque a água pode ressecar e irritar seu couro cabeludo, agravando o mau cheiro, além de danificar os fios.

O que pode causar esse problema?

É claro que quando você passa muitos dias sem lavar os cabelos, forma-se um cheiro natural de sebo, que se mistura com todos os gases poluentes do ar que se acumularam nos seus cabelos, resultando em um odor desagradável.

Mas o fato é que o mau cheiro no couro cabeludo também pode ocorrer em quem lava os cabelos todos os dias e até passa um creme para disfarçar: pode ser homem, mulher, criança, adulto ou idoso.

Inclusive, é importante lembrar que se você está com esse problema, lavar os cabelos uma ou mais vezes por dia não irá resolver! Isso poderá inclusive piorar, já que o excesso de lavagem faz com que as glândulas sebáceas liberem mais óleo natural no seu couro cabeludo, deixando os cabelos mais oleosos e com odor mais forte.

Além disso, lavar os cabelos demais impede que a raiz seque por completo, deixando os fios com um desagradável odor de úmido que lembra mofo.

Portanto, se mesmo lavando os cabelos apenas o suficiente para mantê-los limpos, você ainda sente o mau cheiro no couro cabeludo, pode ser que você esteja com algum fungo ou bactéria causador do problema.

Observe se existem sinais de caspa ou seborreia, que são casquinhas maiores que se soltam da cabeça causando muita coceira. Outra hipótese são problemas de pele como a psoríase, que também afetam a cabeça.

Nesses casos, a melhor recomendação é mesmo procurar um dermatologista para avaliar a situação e prescrever o tratamento ideal de acordo com o diagnóstico. Aplicar produtos por conta própria, ainda que sejam naturais, pode agravar o caso.

Outras causas do mau cheiro do couro cabeludo

Além dos fatores já mencionados, há outros que podem causar o odor desagradável da cabeça. 

Artigos Recomendados